Câmara de BH oferece R$ 44 milhões de subsídio às empresas de ônibus.

81

A Câmara Municipal de Belo Horizonte fechou, nesta terça-feira (10), 16 propostas para tentar solucionar os problemas do impasse do transporte público da capital com novo aumento de 8,9% no preço do óleo diesel. Dentre as propostas, a Câmara ofereceu um subsídio de R$ 44 milhões para as empresas de ônibus. A prefeitura já tinha oferecido um subsídio de R$ 163 milhões.

As propostas foram fechadas durante uma reunião do Grupo de Trabalho de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte  (GT-MOBBH) nesta manhã. Os pontos foram aprovados pelos vereadores que compõem o grupo e pela prefeitura e agora serão encaminhadas às empresas de ônibus.

Câmara de BH oferece mais R$ 44 milhões de subsídio às empresas de ônibus,  que agora ultrapassa R$ 200 milhões | Minas Gerais | G1

“Além dos 10 pontos que estavam definidos entre o poder Executivo e Legislativo nós acrescentamos seis. A Câmara soma R$ 44 milhões, ultrapassando R$ 200 milhões de subsídio que pretende aumentar a qualidade dos ônibus em Belo Horizonte. A gente sugere que a prefeitura amplie a publicidade nos ônibus para isso representar também mais recursos no sistema.  Outro ponto é a criação de um canal específico de Whatsapp e e-mail para que o cidadão possa reclamar em tempo real da situação dos ônibus”, explicou o vereador Gabriel Azevedo(sem partido).

JORNAL O TEMPO