Coronavírus: Minas Gerais tem 30 mortes causadas pela Covid-19; já são 903 casos Outros 63 óbitos são investigados para a doença pela Secretaria de Estado de Saúde; ultrapassa os 67 mil o número de casos suspeitos na região.

358

 

Dezesseis dias após a primeira morte em decorrência do coronavírus em Minas Gerais, o número de óbitos causados pela infecção no Estado chega a 30, uma média de quase duas novas mortes confirmadas por dia pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Apenas entre essa terça-feira (14) e a manhã de quarta-feira (15), quando o órgão estadual publicou o balanço mais recente sobre a pandemia, três novos óbitos foram confirmados.

São pacientes homens, dois deles moradores da região Sul de Minas e um do Triângulo Mineiro. Segundo relatório da Saúde, as mortes aconteceram entre domingo (12) e segunda-feira (13). O primeiro dos óbitos confirmados nesta quarta é de um homem de 34 anos, da cidade de São Tomás de Aquino, que morreu há três dias. Este, aliás, é o primeiro caso de Covid-19 no município. O segundo é de um idoso de 78 anos, que não resistiu após apresentar os primeiros sintomas da infecção por coronavírus em Piumhi, cidade do sul de Minas onde vivia. A terceira morte confirmada pela SES-MG aconteceu em Uberaba, no Triângulo, e a vítima da doença é um homem de 64 anos. Todos os três pacientes, segundo a pasta, apresentavam comorbidades.

O número de casos da doença, aliás, continua aumentando gradativamente em todo o Estado. Se nessa terça eram 884 pacientes diagnosticados com a infecção, um dia depois já são 903. Outros 67.177 casos suspeitos são investigados, segundo relatório publicado pela secretaria nesta manhã.

Minas Gerais registrou o primeiro caso ainda no começo do mês de março.

Foto: Ed Jones / AFP

A capital Belo Horizonte lidera as cidades de Minas Gerais com o maior número de casos, uma vez que tem 374 moradores com o coronavírus. Seis óbitos aconteceram na cidade em decorrência da infecção. Logo atrás aparece Juiz de Fora, na Zona da Mata, onde há 75 casos da doença. O terceiro município com o maior número de casos é também o segundo com mais mortes: Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Há 57 pessoas infectadas na cidade, e quatro pacientes diagnosticados morreram.

Fonte:O Tempo