Funed vai desenvolver colírio à base de cannabis para tratar glaucoma.

98

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) vai desenvolver colírio à base de cannabis para tratamento do glaucoma. O trabalho será em parceria com uma indústria farmacêutica especializada em medicamentos com canabinoides.

A Funed fará a fórmula farmacêutica e a avaliação pré-clínica do medicamento. O objetivo do colírio é reduzir a pressão intraocular, as dores nos olhos e também a vermelhidão em quem convive com o problema.

O glaucoma é uma doença crônica que afeta o nervo óptico e pode leva à cegueira. A estimativa é que 2% da população brasileira conviva com os sintomas.

A diretora de Pesquisa e Desenvolvimento da fundação, Sílvia Fialho, responsável pelo projeto, destaca que atualmente 60 milhões de pessoas em todo o mundo têm a doença e que os tratamentos são de alto custo, uso contínuo e causam uma série de efeitos adversos.

“Há uma busca por tratamentos com menos efeitos colaterais e que tenham maior adesão dos pacientes. Sabemos que já existem alguns trabalhos sendo desenvolvidos com derivados da cannabis para tratar o glaucoma e, por isso, temos boas expectativas no sucesso da parceria”, afirma.

O prazo para início do desenvolvimento do colírio não foi informado. A reportagem aguarda retorno da Funed.

AGENCIA BRASIL