PM registra vários homicídios e tentativas na Grande BH nas últimas 12 horas.

247

Crimes ocorreram em Belo Horizonte e Contagem. A suspeita é que maioria dos casos tenha relação com o tráfico de drogas.

Belo Horizonte e a Região Metropolitana tiveram uma noite e uma madrugada violentas nesta quinta (28) e sexta-feira (29). Pelo menos cinco pessoas foram baleadas.

No bairro Cabana do Pai Tomás, na Região Oeste da capital, um homem de 35 anos foi assassinado dentro do carro. Ele morreu antes da chegada do resgate, vítima de vários disparos de arma de fogo.

Segundo a Polícia Militar, Thiago da Silva Costa era apontado como responsável por um homicídio na região e tinha um desentendimento com uma gangue do Vista Alegre, bairro vizinho. Depois dos disparos, os suspeitos fugiram.

Em Contagem, na Grande BH, um jovem de 19 anos foi baleado por cinco homens, em uma rua do bairro Arvoredo. Ele levou vários tiros e foi socorrido para o hospital da cidade. Os militares suspeitam que o crime tenha ocorrido porque a vítima estava cometendo furtos no bairro.

Outras duas pessoas deram entrada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, depois de terem sido baleadas. Um dos casos ocorreu na porta de um bar, na Vila Independência, no Barreiro. Um homem de 24 anos levou cerca de 10 tiros. Na confusão, um cliente também ficou ferido.

A vítima foi socorrida pelo Samu e chegou ao hospital em estado grave. O motivo do crime é desconhecido, mas testemunhas contaram à polícia que o suspeito é gerente de um ponto de tráfico na região. Os militares não souberam dizer se o cliente se machucou com os disparos ou se caiu ao tentar se proteger do tiroteio.

No bairro São Geraldo, na Região Leste de Belo Horizonte, um homem, identificado como Alexandre Roberto Marques, de 27 anos, levou cinco tiros quando chegava em casa. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu enquanto a polícia redigia a ocorrência.

Droga e dinheiro encontrados no carro da vítima de homicídio no bairro São Geraldo, em BH — Foto: Júlio César Santos/ TV Globo
Droga e dinheiro encontrados no carro da vítima de homicídio no bairro São Geraldo, em BH ;

 

Segundo os militares, o crime pode estar relacionada ao tráfico de drogas, já que, no carro da vítima, foram encontrados 65 pinos de cocaína, maconha, R$ 728, um liquidificador e um caderno com anotações de venda de drogas. Até a madrugada, ninguém tinha sido preso.

Outro homem, identificado como Jackson Barbosa, de 41 anos, foi vítima de homicídio por arma de fogo no bairro Alto Vera Cruz, também na Região Leste da capital. Ele foi atingido por seis disparos.

O caso aconteceu na Avenida Jequitinhonha com Rua Astolfo Dutra. Segundo a PM, não há informações sobre a autoria do crime. O irmão do homem disse à TV Globo que a vítima usava drogas.

G1 MG