Produção de veículos sobe em setembro, mas queda no ano deve ser de 35%

4.461
Dados e projeções da Anfavea
Volume subiu 4,4% sobre agosto
Caiu 11% ante setembro de 2019

A produção de veículos cresceu 4,4% no Brasil durante o mês de setembro, chegando a 220.162 unidades. A comparação é em relação ao mês anterior, agosto. O volume inclui carros, caminhões, ônibus e comerciais leves. Em relação a setembro de 2019, porém, houve queda de 11%.

No acumulado de janeiro até o mês passado, a redução foi de 41,1% ante o mesmo período de 2019. Os dados foram divulgados nesta 4ª feira (7.out.2020) pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). Eis a íntegra (3 MB).

No mês passado, a produção de caminhões teve alta significativa: subiu 28,9% na comparação com agosto. Já as máquinas agrícolas e rodoviárias tiveram alta de 4,7%.

PROJEÇÃO PARA 2020

A associação também atualizou as estimativas para o setor este ano. Espera que o volume produzido em 2020 seja 35% menor que no ano passado por causa, principalmente, da pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Houve melhora de 10 pontos percentuais em relação à previsão anterior, que era de queda de 45% em relação a 2019. Em janeiro, a instituição esperava 1 crescimento na produção anual de 7,3%.

“A gente ainda percebe 1 dólar ainda muito volátil. Tem uma pressão das taxas de juros lá de fora. Tem uma soída de capital por conta de instabilidades. Sempre tem essa discussão que vocês acompanham também do risco do Brasil não controlar o teto dos gastos, mas a confiança, por outro lado, melhorou substancialmente”, afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes.

Fonte: Poder 360