Quadrilha suspeita de tráfico de drogas é presa na Grande BH com mais de 100 barras de maconha.

58

Cinco pessoas foram presas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas na noite dessa segunda-feira (09), em Mateus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe fazia patrulhamento por um local conhecido pelo tráfico de drogas em Santa Luzia. Quando as viaturas passaram perto da “boca do Pastim”, avistaram um carro que tentou fazer o retorno, o que levantou suspeita dos militares.

Durante abordagem o condutor do veículo começou a suar e não soube explicar o que fazia no local. Ele alegou ser motorista de aplicativo, mas não tinha nenhum app de corridas no telefone.

O homem confessou que estava fazendo o transporte do material ilícito e que ganharia R$ 500 pelo “corre”.

O criminoso tentou chantagear os policiais, disse que revelaria o endereço onde buscou as drogas em troca de sua liberdade. Os PMs fingiram aceitar a proposta, pegaram a informação e, em seguida, prenderam o homem.

As viaturas então chegaram até Mateus Leme. No local indicado pelo motorista, uma mulher atendeu os policiais, mas não permitiu a entrada na casa. Ela disse que somente com a chegada do cunhado liberaria a vistoria.

Minutos depois, afirmou aos militares que a entrada deles não seria mais permitida.

Neste momento, uma viatura posicionada estrategicamente atrás do local viu a movimentação de homens repassando barras de drogas.

A Polícia conseguiu cercá-los e entrar na residência.

Arma de fogo foi apreendida pelos policiais. — Foto: Marcelo Abreu/TV Globo

Ao todo quatro homens e uma mulher foram presos. Eles têm passagem por lesão corporal, tráfico de drogas, roubo e uso de entorpecentes.

Foram apreendidos três celulares, 105 barras de maconha, uma arma de fogo, um caderno de anotações, 21 munições calibre 380, um veículo, R$ 813 e um tonel com embalagens para envolver as drogas.

G1 MG