Caso Bárbara: suspeito de envolvimento no assassinato de criança é encontrado morto em BH.

103

homem que aparece em vídeos na companhia de Bárbara Victória Vitalino Rodrigues foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (3), em uma casa no bairro Cachoeirinha, na Região Nordeste de Belo HorizonteO vídeo com o homem pode ser visto acima.

A menina desapareceu no domingo (31) após sair de casa para comprar pão. O corpo dela foi localizado na terça-feira (3), em um matagal de Ribeirão das Neves, na Grande BH.

Há indícios de que Paulo Sérgio de Oliveira, de 50 anos, tenha cometido suicídio. As informações são da Polícia Militar e da Polícia Civil.

Paulo chegou a ser conduzido à delegacia na última segunda-feira (1º) após a Polícia Militar encontrar, em sua casa, um saco de pão semelhante ao que Bárbara tinha comprado. Ele foi liberado e não ficou preso.

Segundo o boletim de ocorrência da PM, Paulo negou conhecer Bárbara Victória e disse que não era ele quem aparecia nas imagens das câmeras de segurança. Depois, confirmou que aparecia no vídeo e que conhecia Bárbara, mas que não tinha feito nada com ela.

Corpo foi encontrado no bairro Cachoeirinha, em BH — Foto: Saulo Luiz / TV Globo

O que diz a Polícia Civil

 

O delegado Saulo Castro, porta-voz da Polícia Civil, afirmou que ainda não é possível determinar a causa da morte, mas “há indícios de possível suicídio”.

“Por enquanto, não é possível determinar a causa da morte [do suspeito]. Há indícios de possível suicídio. A Polícia Civil de Minas Gerais esclarece que as investigações relativas ao homicídio da criança seguem paralelamente”, disse o porta-voz.

Quando Bárbara desapareceu?

 

Bárbara foi vista pela família pela última vez por volta das 17h30 do último domingo (31), quando saiu de casa para ir a uma padaria para comprar pão. Ela já tinha o hábito de fazer esse trajeto.

Menina Bárbara Vitória, que foi achada morta na Grande BH após sair de casa para ir à padaria — Foto: Arquivo Pessoal

Ela chegou a ir à padaria?

 

Sim. Imagens de circuito de segurança (veja abaixo) mostram Bárbara saindo da padaria, localizada na Rua Joaquim Abel Coelho.

A menina enfrenta a fila do caixa e, depois de ser atendida, guarda o troco em uma bolsa e sai de lá com um saco de pães. Ela chega a se despedir de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17h46.

O que aconteceu depois?

 

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram Bárbara atravessando uma rua ao lado de um homem vestido de preto, às 17h52. Ele faz um sinal, e a criança para na calçada, na esquina, e espera enquanto ele segue adiante.

Depois de pouco mais de um minuto, quando o relógio marca 17h53, o homem retorna e eles voltam a atravessar a mesma rua juntos, no sentido oposto (veja vídeo no começo da reportagem).

Às 17h55, outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo, ao lado do mesmo homem.

Onde e quando o corpo de Bárbara foi encontrado?

O corpo de Bárbara foi encontrado em um matagal próximo a um campo de futebol por uma estudante que estava ajudando nas buscas. O campo fica a cerca de 500 metros da casa da menina.

A criança vestia apenas a camisa do Atlético-MG, com a qual ela estava antes de desaparecer, e uma corda foi encontrada perto do corpo.

Corpo foi encontrado em um matagal próximo a um campo de futebol em Ribeirão das Neves — Foto: Flávia Ayer/TV Globo

G1  MG