Parente de Alcolumbre é preso em operação contra tráfico internacional de drogas.

241

Isaac Alcolumbre foi flagrado com uma grande quantidade de dinheiro. Ele é dono de aeródromo por onde transitariam aeronaves do tráfico internacional de drogas provenientes da Venezuela e da Colômbia.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (20) a operação Vikare, com o intuito de desasrticular grupos criminosos que atuam com o tráfico internacional de drogas por meio de um esquema que usa aeronaves e empresas para mascarar o transporte de entorpecentes entre vários estados brasileiros e países da América do Sul.

A ação partiu de investigação no Amapá, iniciada em maio de 2020. Além do estado, os 73 mandados – 24 de prisão e 49 de busca e apreensão – são cumpridos em cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Pará, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Ceará e Piauí.

A investigação identificou que o Amapá era um ponto logístico da organização criminosa, que tinha um aeródromo na capital Macapá como local de abastecimento e manutenção das aeronaves – a maioria de pequeno porte.

O estado recebia os aviões vindos principalmente da Colômbia e Venezuela, que depois seguiam com as drogas para várias regiões do Brasil.

A PF ainda não detalhou o número de presos e nem total de dinheiro e itens apreendidos, porém, informou que foi pedido o sequestro de bens de 68 investigados, entre aeronaves, embarcações e o bloqueio de R$ 5,8 milhões em bens.

Entre os presos está Isaac Alcolumbre, primo do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). Segundo o superintendente da PF no estado, Anderson de Andrade Bichara, o parente do parlamentar foi preso com uma grande quantidade de dinheiro, “que ainda está sendo contada”. “É muita coisa”, disse o policial.

Isaac Alcolumbre, segundo o delegado, é dono do aeródromo certificado por onde transitariam aeronaves do tráfico internacional de drogas provenientes da Venezuela e da Colômbia.

A equipe do O TEMPO apurou que Isaac é primo de Davi Alcolumbre, ex-deputado estadual, fazendeiro e tem imóveis e posto de comnbustíveis no Amapá. Isaac é filho de Salomão Alcolumbre, irmão da mãe de Davi, Julia Alcolumbre.

Aliados de Davi Alcolumbre falam em retaliação

Ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre vive embate com outros parlamentares e o presidente Jair Bolsonaro por não marcar a sabatina de André Mendonça na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Mendonça foi escolhido por Bolsonaro para ser o próximo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Alcolumbre é o presidente da CCJ.

Aliados de Davi Alcolumbre suspeitam que a ação da PF nesta quarta-feira possa ser uma retaliação ao fato de o senador não ter pautado ainda a indicação de André Mendonça para o STF.

JORNAL O TEMPO