77% dos deputados que se encontraram com Bolsonaro no Planalto são do Centrão

1.083

Foram 113 parlamentares desse bloco

Republicanos foi o partido mais atendido

Dos 146 deputados que participaram de algum encontro com Bolsonaro de janeiro a setembro deste ano, 113 são do Centrão. Foram 118 reuniões com integrantes do grupo.

Lideram a lista: Vitor Hugo (PSL), ex-líder do governo na Câmara (24); Fábio Faria (PSD), atual ministro das Comunicações (18) –o levantamento só considera o período em que era deputado– e Osmar Terra (MDB), com 16 encontros.

Fábio Faria reuniu-se em 18 ocasiões com Bolsonaro, enquanto ainda era deputado. Ao virar ministro, passou a atuar na articulação política. Como mostrou o Poder360integrantes do Centrão estiveram em 73% dos encontros de congressistas com Faria depois que ele assumiu o Ministério das Comunicações.

Abril e maio tiveram maior quantidade de agendas do presidente com o Centrão, foram 23 e 20. O período foi marcado pela  saída de Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) do cargo, em 24 de abril.

O Republicanos foi o partido que teve o maior número de deputados reunidos com o presidente: 32. A legenda (ex-PMR, ex-PRB) tem 34 cadeiras na Câmara.

O partido foi registrado em 2005 e está alinhado à base governista desde 2006, ainda na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva. À época, a legenda foi responsável por garantir a aproximação do então presidente aos evangélicos.

A sigla também apoiou os 2 mandatos da presidente Dilma Rousseff de 2012 a 2016. Foi o 1° partido a deixar a base aliada do governo no Congresso, em 2016, durante o impeachment da petista.

A legenda voltou à base aliada do governo quando Michel Temer assumiu em agosto de 2016. A sigla ganhou 3 ministérios: o do Esporte, o da Pesca e Aquicultura (ambos no governo Dilma) e o da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Temer).

METODOLOGIA

O levantamento foi feito com base na agenda de Bolsonaro. Foram contabilizados como partidos do Centrão: PSD, Republicanos, PSL, PP, PL, PSC, Pros, PTB e Patriota. Não foram considerados parte do Centrão MDB, DEM, PSDB e Podemos, ainda que haja congressistas nesses partidos que se alinhem com o bloco.


Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Fonte: Poder 360