DATATEMPO: Aprovação do governador Romeu Zema tem variação, mas continua alta

151

Indicadores da pesquisa DATATEMPO revelam declínio, mas próximo da margem de erro.

Romeu Zema

A administração do governador Romeu Zema (Novo) é bem avaliada pelos mineiros. O percentual daqueles que aprovam a gestão chega a 59,3%.

É o que revela pesquisa DATATEMPO realizada entre os dias 24 e 27 de setembro, a pouco mais de um ano das eleições estaduais.

Os entrevistados que mais se identificam com o governo Zema são aqueles das regiões Noroeste, Campo das Vertentes e Norte, tem mais de 60 anos e renda que varia de cinco a dez salários mínimos.

Os dados sobre a percepção dos mineiros em relação ao governo Zema caíram em dois meses, porém, ficam próximos à margem de erro, que é de 2,63 pontos percentuais. Dessa forma, no levantamento DataTempo feito entre os dias 17 e 20 de julho, a aprovação chegava a 62,4%

Aqueles que desaprovam o governo Zema eram 28,8% em julho e, agora, somam 31%. A maior reprovação dá-se no Vale do Jequitinhonha, Triângulo e Alto do Paranaíba. Mesmo assim, a aprovação supera a reprovação nessas regiões.

A desaprovação de Romeu Zema é mais latente entre quem tem entre 16 e 24 anos e ganha até dois salários mínimos.

Os entrevistados que não quiseram ou não souberam responder eram 8,8% e passaram a 9,8%, dentro da margem de erro.

Aqueles que desaprovam o governo Zema eram 28,8% em julho e, agora, somam 31%. A maior reprovação dá-se no Vale do Jequitinhonha, Triângulo e Alto do Paranaíba. Mesmo assim, a aprovação supera a reprovação nessas regiões.

A desaprovação de Romeu Zema é mais latente entre quem tem entre 16 e 24 anos e ganha até dois salários mínimos.

Os entrevistados que não quiseram ou não souberam responder eram 8,8% e passaram a 9,8%, dentro da margem de erro.

JORNAL O TEMPO