Nego do Borel será ouvido no Rio sobre inquérito aberto em MG.

236

Cantor deverá ser ouvido na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes).

Nego do Borel — Foto: Reprodução

O cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, precisará ir novamente à polícia, dessa vez para ser ouvido no âmbito de uma investigação aberta em delegacia de Contagem, na Grande Belo Horizonte (MG).

g1 confirmou a informação, antecipada pelo jornal Extra, com o delegado titular da 42ª (Recreio dos Bandeirantes) Luiz Mauricio Armond.

Também de acordo com Armond, o inquérito contra Nego do Borel em Minas trata de supostos crimes de extorsão e ameaça contra os responsáveis por uma empresa de eventos.

Desaparecimento

 

Também esta semana, Nego do Borel mobilizou a polícia depois que a mãe dele registrou uma ocorrência dizendo que o filho tinha desaparecido.

O cantor foi encontrado horas depois em um motel em Vila Isabel, na Zona Norte. Como houve o registro, Nego do Borel precisou ir à delegacia e esclarecer o sumiço.

Na saída, ele declarou o seguinte à imprensa:

“Saí ontem, não avisei minha mãe, quis me isolar porque estou passando por um momento muito difícil, muitas coisas acontecendo na minha vida, mas eu quis ficar sozinho”, afirmou.

 

O artista disse que não sabia que a mãe tinha ido à delegacia e que o caso daria “toda essa repercussão”. O cantor negou que estivesse com mulheres no motel e pediu desculpas à mãe.

G1 MG