China implementa formalmente a censura em Hong Kong

712

Internet de Hong Kong não é mais livre. Censura foi implementada com a nova lei aprovada na China.

 

Os poderes da polícia de Hong Kong na área de vigilância foram ampliados, nesta segunda-feira (6), no âmbito da controversa Lei sobre a Segurança Nacional aprovada no fim de junho.

O chefe de polícia agora tem o poder de controlar e suprimir da internet qualquer informação, caso encontre “motivos razoáveis”.

A polícia também pode ordenar que empresas de internet e provedores de serviços retirem qualquer informação das redes.

Caso se recusem, podem ser objeto de multas e condenações. As penas podem chegar a um ano de prisão.

A nova lei também torna ilegais algumas opiniões políticas, como o apoio à independência, ou a mais autonomia do território.

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, afirmou, nesta terça-feira (7), que o governo implementará “rigorosamente” a controversa lei, destaca o portal Correio Braziliense.